Nuances Olfativas


… e Ele é a substância do almiscar e nós o seu perfume. Alguma vez se viu o almiscar separado de seu cheiro? RUMI


Dentre os 5 sentidos mais conhecidos, o olfato é o primeiro desenvolvido no recém nascido, vinculado com a expressão de vida: a primeira inspiração, poeticamente associada com o ‘Sopro de Deus’. A olfação, esse maravilhoso instrumento de interação, atua como portal de acesso às nossas memórias e ao mesmo tempo como asas que embalam nossos sonhos.

Como qualquer outro sentido ou expressão da vida, o olfato varia entre as pessoas e no decorrer de nossas vidas, podendo também ser trabalhado, na direção de aprimoramento e refinamento. E um olhar (ou cheirar) mais detalhado nos revela um universo de enorme diversidade sinalizadas pelas famílias e notas olfativas. A principal forma de agrupar os aromas são as Notas Olfativas, que expressam a ordem pela qual elas volatilizam e se tornam presentes à nossa percepção. As notas olfativas se dividem em 3 etapas, que significam exatamente a ordem pela qual elas se evaporam. Sendo assim, as notas olfativas se classificam em notas de saída (cabeça), notas de coração (corpo) e notas de fundo (base).

  • Notas de topo (saída, cabeça) : são as notas primeiras a se sentir, são mais leves e voláteis devido ao menor peso molecular Passam a primeira impressão do aroma mas são fugazes . Possuem características como leveza e frescor como as cítricas (ex: limão siciliano, mandarina, laranja) e herbais (ex: erva doce, menta e alecrim). Presença: geralmente de 5 a 15 minutos.

  • Notas de meio (coração, corpo): conferem o corpo do aroma e a evaporação é mais lenta, pois o peso molecular é um pouco maior. Como a própria designação indica, é o coração da fragrância e se evidenciam quando começam a ser absorvidos pela pele. Geralmente são as essências responsáveis pela personalidade do aroma, e são mais difundidas, como as florais (ex: rosa, gerânio, jasmim) e também frutais que não sejam cítricas (ex: pêssego, maçã, framboesa). Presença: geralmente de 2 a 4 horas.

  • Notas de fundo (base): como o nome sugere, são as últimas a evaporarem, de fixação intensa e muito menos voláteis devido ao peso molecular maior. Promovem o calor e o peso do perfume. São obtidas de várias fontes, entre elas de especiarias (ex:canela, noz-moscada, gengibre) madeira (ex: pinho e cedro) , fontes animais (ex: âmbar gris, musk), resinas (como os incensos), alimentos (ex: baunilha), variando entre adocicadas e não adocicadas. Presença: geralmente superior a 4 horas

Existem ainda diversas classificações das famílias olfativas e exatamente pelo caráter vivo das essências são muito diversas e muitas vezes ainda são subdivididas em sub famílias, que por sua vez se mesclam na busca de uma caracterização do aroma. Segue uma proposição . HERBAL: também relacionado com as referências Fougère, Fresco, aromático e resinoso, com caráter revigorante e marcante, remetem a folhas verdes e frescas (ervas cortadas, folhas amassadas, grama recém cortada), podendo reportar a notas marinhas Aromas: eucalipto, lavanda, sálvia, hortelã, manjericão, tomilho, alecrim, etc.

. CÍTRICA: também designada Hesperidée, com caráter suave, vibrante duram pouco na pele, trazendo um frescor que os torna especialmente agradáveis em climas quentes, embora requeiram um cuidado com a exposição ao Sol, pois em sua maioria sejam fotossensibilizantes Aromas: Limão siciliano, bergamota, Litsea cubeba, tangerina, etc . PICANTE: Relacionado com a caracterização Oriental, traz um ambiente sensual e misterioso, aveludado e quente. São aromas fortes e elegantes, apresentando até com um certo peso, despertam sensações intensas Aromas: Canela, cardamomo, cravo, alcaçuz, etc

. FLORAL: A mais universal e tradicional das classificações é, normalmente, a referência instintiva de perfumes. Como as próprias flores em sua diversidade de cores e formas, neste grupo encontramos essências clássicas. Aromas: Rosa, Ylan Ylang, gerânio, Jasmim, gardênia, frésia, etc

. FRUTADO: também relacionados com a referência genérica Aromático, traz aromas adocicados que, como o próprio nome diz, reporta para as frutas. Aromas: Maçã, morango, pêssego, abacaxi, etc

. AMADEIRADO: como o próprio nome diz, a maioria das essências desse grupo vem das madeiras, trazendo uma experiência envolvente, quente com uma sensação seca ou úmida e opulenta. Eventualmente neste grupo podemos encontrar aqueles designado Gourmand, que inclui essências mais cremosas e adocicadas, como a baunilha, mel, fava tonka Aromas: Vetiver, Patchouli, Cedro, sândalo, Pau rosa, etc

Qualquer agrupamento é sempre relativo, uma vez que, como parte da magia dessa experiência, os aromas se mesclam dinamicamente criando experiências únicas e individuais


Mesmo com toda essa diversidade, segundo o neurologista Sidney Dorigon, o olfato é um dos sentidos humanos mais atrofiados, mas ele afirma que de maneira simples pode-se estimular este sentido. “O simples fato de sentir cheiros por si só já ajuda. Pessoas que não sentem cheiro, devem trabalhar o estímulo do olfato. E esse estímulo pode ser feito expondo o indivíduo a cheiros fortes como de café e de perfumes”.

Em muitas situações pode ser necessário um aprimoramento deste sentido, como em determinadas profissões, como por exemplo perfumista, cozinheiros, degustadores, etc. “A sensibilidade olfativa se obtêm na prática, muita prática”, diz a fisiologista Regina Milani. Eventualmente temos perda do olfato, por diversos motivos, incluindo lesões por desaceleração súbita, trauma facial, envelhecimento, doenças neurodegenerativas, doenças autoimunes (como a síndrome de Sjögren), medicamentos e até tumores. A mais frequente ocorre pelas infecções virais, que já abordamos na sexta passada.

Para restauração ou estimulação do olfato, usualmente são utilizadas 4 famílias olfativas, a saber Floral, Cítrica, Picante e Herbal, ordenadas em programas onde podem ser dimensionadas as evoluções na recomposição da capacidade olfativa assim como no refinamento e sofisticação desse grande presente que é a olfação. Vamos sentir os novos ares que nos rodeiam??


© Copyright