Dia do Rock


Hoje é o dia do Rock!


Este dia foi escolhido em celebração ao festival Live Aid, onde vários artistas e bandas de rock mundialmente conhecidas se reuniram em um evento beneficente que tinha como principal objetivo o fim da fome na Etiópia. Phil Collins, um dos participantes, disse na ocasião que gostaria que aquele dia ficasse conhecido como o dia mundial do Rock e assim foi.


Estilo musical controverso e polêmico teve seu início no final dos anos 40, nos Estados Unidos. Sua origem envolve outros estilos musicais como o country, o blues e até o gospel. Teve grande influencia dos movimentos e das músicas dos negros, desafiou barreiras raciais e sexistas e revolucionou e ditou a cultura, o comportamento, a linguagem e a moda ao redor do mundo, se tornando um estilo atual até os tempos de hoje.


Alguns historiadores colocam como marco do início do rock o lançamento da música That’s All Right (Mama), gravado por Elvis Presley em 1954. Mas muito antes disso uma mulher negra já cantava uma mistura de blues e gospel que pode muito bem ser considerada como o início do rock. O nome dela era Sister Rosetta Tharpe e ela enfrentou preconceitos de gênero e o racismo de um país extremamente segregacionista. Mesmo assim se tornou muito popular e conhecida. Nos anos 50 saiu em turnê com uma banda formada exclusivamente por homens brancos, os The Jordanaires, banda que depois passou a acompanhar o cantor Elvis Presley. Sister Rosetta influenciou grandes nomes do rock e Chuky Berry declarava sua influência por ela e também lhe dava os créditos por ter sido ela a primeira pessoa a levá-lo a um palco.


Chuky Berry também viria a se tornar um grande ícone deste estilo musical e muitos também dão a ele o título de pai do rock, deixando para Elvis Presley um título honroso de Rei do rock!


Em 1972, John Lennon declarou durante uma apresentação que o nome Chuck Berry poderia ser considerado um sinônimo de rock and roll!


De qualquer forma o rock teve um inicio complicado com ídolos negros e um estilo musical que causava estranhamento e criticas em um país que passava por um momento de grande racismo e violência e conservadorismo, mesmo assim conseguiu ganhar forças e se mostrou uma importante ferramenta para quebrar barreiras, transformando a música em uma forma de protestar contra as desigualdades e injustiças da sociedade.


Na América Latina, o rock chegou em período com regimes ditatoriais em vários países e explodiu como um grande movimento cultural com as músicas em espanhol de Richie ‘La Bamba’ Valens. Richie na verdade era americano, mas de ascendência mexicana, representava bem as comunidades latinas que tanto sofriam preconceito e por isso acabou se tornando uma espécie de ídolo que falava pelas classes mais pobres. Sua trágica morte precoce aos 17 anos interrompeu uma provável vida de sucessos e causou comoção em todo o mundo. O dia do seu acidente ficou conhecido como “o dia em que o rock morreu''.

O Brasil conheceu o rock nas canções de Elvis Presley, mas, posteriormente, produziu muito rock nacional.


Em 1957, um músico carioca chamado Alberto Borges de Barros, o popular líder do Betinho e Seu Conjunto, trouxe dos EUA uma guitarra Fender Stratocaster e gravou a música ‘Enganando o Rock‘, considerada a primeira canção genuinamente de rock em português. Com a porteira aberta, muitos músicos brasileiros resolveram se aventurar pelo mundo do gênero musical. Em 1959 os irmão Tony e Celly Campello popularizaram o rock no país com o hit Estúpido Cupido. Outros grandes ícones se destacaram como Raul Seixas, Os Mutantes, Rita Lee entre muitos outros.


Em 1985 o primeiro grande evento de rock teve início no Brasil com o Rock In Rio que, embora tenha contado com participação de grandes nomes internacionais, projetou o movimento e bandas nacionais.


Por muito tempo o estilo musical sofreu preconceitos e seus adeptos eram vistos como más influências, baderneiros e até com ligação com o diabo. Com o passar do tempo foram-se quebrando os preconceitos sem nunca deixar de ser uma música de protesto e carregada de críticas. Com o desenvolvimento se desdobrou em vários subgrupos como o rock progressista, experimental e ganhou até títulos como o rock clássico!



Leia mais em:

https://www.cifraclub.com.br/blog/rock-brasil-historia/

https://istoe.com.br/serie-sobre-a-historia-do-rock-na-america-latina-faz-sucesso-e-cria-polemica/

https://www.letras.mus.br/blog/origem-do-rock/

https://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_Mundial_do_Rock

© Copyright