Preparar a terra

☀️🌱🙌🌼🌿🍃🌳🥬🍊🍓🍋🌹🌵

Preparar a terra para se plantar é algo simples, a maioria das floriculturas vendem terra vegetal pronta para o uso, mas se você quer ter certeza que a terra que você tem em casa ou que adquiriu está boa para se plantar, nós te daremos algumas dicas!🌱🙌


Qualquer terra pode ser usada para plantio, desde que saibamos suas características e plantemos nela o que melhor se encaixa naquele perfil. 🌼


Um primeiro passo ao escolher a terra é perceber sua cor:



. terras mais claras que puxam para o bege e o amarelo, costumam ter muita areia. A terra arenosa pode ser usada para plantar cactos, algumas flores ornamentais como rosas do deserto e abacaxi, pitaya e limão.🌵🌹🍋🍍


. solos avermelhados são ricos em óxidos de minério e são boas para plantio em geral, necessitando de que se misture matéria orgânica e areia para balancear. Mas tons avermelhados e amarronzados podem, também, indicar excesso de argila.. ☀️🌱


. terras escuras, geralmente, são as mais indicadas. Elas se tornam escuras devido a presença de matéria orgânica e deve-se estar atento quanto à drenagem dela: caso a água demore para infiltrar pode ser necessário misturar um pouco de areia.🍃


Resumindo: a terra fornece os nutrientes, a areia ajuda na drenagem, mas o excesso faz a terra secar mais rápido, a argila fornece firmeza ao solo, mas pode compactar e também quando seca endurece. Sabendo disso, observe sua terra, coloque água nela e veja quais são as características acima mais acentuadas e use das outras matérias para equilibrar.

Se for comprar terra vegetal em lojas especializadas, as embalagens costumam indicar a proporção de misturas necessárias.


Agora vamos preparar o vaso ou canteiro:



No fundo você pode colocar argila expandida, cacos de cerâmica, ou pedras, isso ajuda na drenagem e evita que os buracos de escoamento de água entupam com a terra.

Por cima coloque a terra sem afundá-la com as mãos, coloque um pouco de água e deixe drenar para que ela se assente naturalmente. Deixe uma borda sem terra de dois ou três dedos. Se for plantar com mudas abra uma cova no meio, certifique-se que a terra da muda não está empedrada. Se estiver, aperte delicadamente com as mãos, desmanchando os torrões. Coloque a muda na cova de forma que fique um pouco abaixo do nível da terra, depois cubra com a terra puxando a terra do vaso por cima daquela que veio na muda. Novamente não aperte. Caso perceba que a muda está bamba e balançando, faça uma leve pressão com os dedos sobre a terra, apenas para firmá-la, sem compactar a terra.

Se o vaso ou canteiro for grande você pode misturar folhas secas e pequenos gravetos quebrados na terra que ficará na parte inferior do vaso, elas irão se decompor se transformando em matéria orgânica e facilitam a oxigenação da terra.

Após o plantio, pode-se colocar folhas, gravetos e palha leve sobre a terra e no pé da muda, para manter a umidade e proteger as raízes dos jatos diretos de água. 🙌


Para se plantar em vasos e pequenos canteiros, se por um lado é mais fácil por temos mais controle sobre o escoamento de água e a origem da terra, por outro devemos ficar mais atentos a reposição de nutrientes, pois com o espaço reduzido as plantas tendem a usar mais determinados aspectos da terra deixando o solo desequilibrado. Por isso, regularmente, deve-se colocar adubo para equilibrar os nutrientes. No caso de plantas comestíveis, deve-se usar adubos orgânicos, como húmus de minhoca, terra de compostagem ou adubos para este fim que são encontrados em casos do ramo, mas certifique-se que eles podem ser usados em hortas, principalmente no caso de verduras e ervas aromáticas. 🌱🙌


Para auxiliar no equilíbrio pode se usar a técnica de plantio em consórcio, que é quando plantamos duas plantas companheiras. Assim é possível otimizar o consumo de nutrientes, água e radiação solar, pois são plantas com etapas de crescimento diferentes.

Alguns exemplos de plantas companheiras são: beterraba com couve de bruxelas e/ou brócolis; rabanete com alface e salsa com tomate. 🥬🍊🙌

https://sites.google.com/site/ahortacom/preparando-o-solo-passo-a-passo

https://www.ecycle.com.br/2642-plantas-companheiras

http://www.globo.com/GloboRural/0,6993,EEC1684539-1489,00.html

https://www.todamateria.com.br/solo-argiloso


© Copyright