Petrolatos


O petrolato é um dos derivados do petróleo cru que, após a desparafinação dos óleos pesados, transforma-se em uma substância gelatinosa incolor ou amarelada.


Os produtos petrolatos comumente comercializados são a Parafina liquida, a vaselina, o óleo mineral e o silicone (embora nem todo silicone seja necessariamente feito de petroleo). São produtos de baixo custo e, por isso, largamente utilizados pela indústria de remédios, cosméticos e até alimentos! Sim, é possível que você não soubesse, mas muitas vezes ingerimos derivados do petróleo!!


Muitos produtos cosméticos contém petrolatos sob o nome de paraffinum liquido ou óleo mineral com a indicação de conferir aspecto sedoso à pele e maciez aos fios. Sobre essas finalidades há uma polêmica, pois ele passa uma falsa sensação de hidratação, já que dá a impressão de maciez superficial, mas não há função hidratante no óleo mineral pois ele não consegue penetrar nas camadas da pele. Na verdade ele cria uma camada impermeabilizante que dá maciez, mas barra a absorção de outros nutrientes e dificulta a ‘respiração’ da pele. Ele também é cumulativo, pois é pouco solúvel necessitando de surfactantes pesados para sua remoção. Este acúmulo pode entupir os poros da pele e nos cabelos dificulta o crescimento e deixa os fios pesados e opacos.


Todo couro cabeludo produz em escalas maiores ou menores uma oleosidade natural, rica em nutrientes. Esta oleosidade muitas vezes é vista como sinal de sujeira e, por isso, as empresas cosméticas fazem uso de sulfatos agressivos que criam abundância de espuma, erroneamente vista como sinônimo de limpeza. Os sulfatos realmente limpam o cabelo de impurezas, mas também retira toda oleosidade natural, imprescindível para a proteção do couro cabeludo e saúde dos fios. Depois temos a necessidade de passar produtos que reponham esta oleosidade, muitos deles com ativos petrolatos. Ou seja, retiramos a proteção e hidratação natural e depois tentamos repor com produtos que não hidratam de verdade, por isso acabamos com os fios ressecados e quebradiços.


Diversos petrolatos comumente usados na indústria de higiene são apontados pela Agência Internacional de Pesquisa sobre o Câncer como potencialmente cancerígenos. Além disso, possuem alto grau de irritação cutânea, podendo causar alergias.


Outro uso comum dos petrolatos são em termoprotetores capilares, os petrolatos são uma mistura de hidrocarbonetos com um ponto de fusão médio próximo aos 37°C, não sendo eficazes para esta função, uma vez que pranchas alisadoras e secadores podem chegar a 180°C.


Eles também não são solúveis em água sendo de difícil retirada dos fios, que necessitam de detergentes fortes para remover os resíduos. Pelo mesmo motivo é altamente poluente para rios e lençóis freáticos, uma vez que após a limpeza descem pelos encanamentos e são por fim despejados em rios e corpos d'água. Possuem alta adsorção, ou seja, impregnação nos solos e não são biodegradáveis . A água contaminada é imprópria para uso ou consumo humano.


Estudos apontam que determinados crustáceos morrem com exposição a baixas concentrações em apenas dois dias.


O uso de substâncias naturais menos agressivas no lugar dos petrolatos traz ainda o benefício secundário de se usar menos sulfatos nas limpezas em geral, sendo muitos dos sulfatos também prejudiciais à saúde e ao meio ambiente.


Os produtos cosméticos desenvolvidos pela Magna Mater não utilizam nenhum tipo de petrolato. Veja algumas matérias primas que utilizamos em substituição aos petrolatos:


Vaselina – Manteiga de vegetais

Óleo mineral – Óleos vegetais variados

Silicone e parafina líquida – Silicone vegetal biodegradável.


Segue abaixo lista de alguns nomes que os derivados de petróleo podem ter nos rótulos:


. Paraffinum liquid;

. Mineral Oil/Óleo Mineral;

. Petrolatum;

. Vaselina;

. Isoparaffin;

. C12-20 Isoparaffin;

. C13-14 Isoparaffin;

. Ciclometicone;

. Dimeticone

. Isododecene;

. Dodecene;

. Alkane.


Para saber mais

https://www.ecycle.com.br/2985-petrolato.html

http://anaturalissima.com.br/petrolatos-o-perigo-dos-derivados-de-petroleo-nos-cosmeticos/

http://www.medicinacomplementar.com.br/biblioteca/pdfs/Cancer/ca-0414.pdf

http://blog.elementomineral.com/ingredientes/verdade-sobre-os-silicones-em-cosmeticos/

{ Dúvidas sobre nossos produtos ou sobre seus pedidos? Adicione a gente no Whatsapp (31) 997 950 441 }

Homeopatia Magna Mater
Produtos Naturais Ltda.

 

CNPJ 65.186.793/0001-20

Farmacêutica Responsável: 
Vitória Schembri CRF 067723-FHB

Autorização MS: 0.17804.01

Alvará Vigilância Sanitária: 019483

  • Black Facebook Icon

Rua Montes Claros, 509 
Belo Horizonte, MG
CEP 30310 370

(31) 3287 9288 WhatsApp (31) 99795 0441

atendimento@magnamater.com.br