Dia da Coragem


O correr da vida embrulha tudo.

A vida é assim: esquenta e esfria,

aperta e daí afrouxa,

sossega e depois desinquieta.

O que ela quer da gente é coragem

Guimarães Rosa substantivo feminino

1. moral forte perante o perigo, os riscos; bravura, intrepidez.

2. firmeza de espírito para enfrentar situação emocional ou moralmente difícil.


Linda palavra com significado cheio de força. Etimologicamente, do latim coraticum - cor que significa coração e o sufixo aticum que indica ação. Ação do coração…

Este coração, que está dentro da coragem, não é o órgão que habita nosso peito e sim os sentimentos e emoções que ele representa. Assim, a coragem seria uma ação dos sentidos, um ato transpassado pela emoção.


Somos apresentados, desde pequenos, para uma coragem que está relacionada com a bravura, valentia. Em uma busca rápida pela internet sobre atos de coragem nos deparamos com ações como grandes saltos de paraquedas, mergulhos profundos do oceano… Sem dúvidas são ações ousadas e que sugerem destemor, mas seriam estas as ações que passaram pelo coração?


No dia 19 de abril, Ailton Krenak, líder indígena e escritor, no programa de entrevistas Roda Viva, fez uma pergunta intrigante: “se você fosse convidado para uma dança cósmica, você entraria cabisbaixo ou você entraria saltitante?”. É dessa coragem que queremos falar.

A coragem necessária em nosso dia a dia para seguirmos com alegria, ainda mais em tempos de tantos desafios. Claro, surfar a maior onda do mundo é um grande desafio, mas não é desse tipo que estamos falando agora e sim de deixar nosso coração agir, de colocar sentimentos e emoções em todas as nossas ações. E haja coragem para isso!

Precisamos de coragem para olhar para o significado de coragem! Ler em suas entrelinhas, se entregar de coração à uma ação natural, instintiva e movida pelo amor que há dentro de nós.


Nem sempre estamos saltitantes perante a vida, o que também requer esta tal de coragem… Para olharmos para uma dificuldade e dizer “não dou conta disso agora…” ou “eu não tenho que lidar com isso, pois isso não é meu”. Às vezes, quando chegamos na beira de um penhasco, precisamos ter mais coragem para dizer “não tem como continuar” e dar um passo para trás do que seguir em frente...Afinal a coragem é irmã da humildade. E esta irmandade é tão linda e forte que merece um texto só para ela!

© Copyright