“São Longuinho, São Longuinho, se eu achar meu…. dou três pulinhos!”


Perdeu alguma coisa!???

Quem nunca apelou para São Longuinho, este santo em um momento de aperto? Hoje é dia dele! Talvez uns dos santos mais populares, as crianças sempre se divertem pedindo sua ajuda! Me lembro de uma ocasião, quando eu tinha uns 9 ou 10 anos que prometi a ele 200 pulinhos caso encontrasse meu pé de sapato perdido que queria usar no ano novo!


Mas qual será a história por trás deste santo?


Conta-se que Longinus, seu nome verdadeiro, era um soldado romano. Ele era ruim de um olho e também muito baixo. Foi designado a acompanhar o castigo, a crucificação e a morte de Cristo. Na hora da morte de Cristo ele foi responsável por perfurar seu corpo com uma lança, de onde jorrou sangue e água. A água que jorrou respingou em seu olho cego e lhe devolveu a visão, não apenas do olho físico, mas também de sua alma, que pode enxergar o verdadeiro filho de Deus. Após este evento, Longinus se tornou devoto e passou a propagar a palavra de Cristo, acabou sendo perseguido, preso e condenado à morte. No momento de sua condenação teve a chance de ser perdoado caso negasse a Cristo, mas se negou e acabou tendo a cabeça cortada.


Mas porque ele é chamado para encontrar coisas perdidas? Diz a história que, por ser muito baixo, ele conseguia ver o chão e embaixo das coisas e em festas sempre encontrava itens perdidos e devolvia a seus donos. Já sobre os três pulinhos a história é controversa, alguns dizem que ele era manco e outros que possuía apenas uma perna e por isso os pulinhos, já o fato de ser três é uma referência à Santíssima Trindade. Fato é que sempre contamos com a ajuda de São Longuinho para encontrar o que queremos!

Mas não se esqueça de ajudá-lo também, mantendo seus sapatos guardados no lugar certo!


© Copyright